7 dicas úteis para você transformar visitantes em leads de vendas

7 dicas úteis para você transformar visitantes em leads de vendas

Ter um site bem visitado nem sempre é garantia de um número expressivo de contatos de vendas que se transformem depois em clientes.

Isso porque converter visitantes em vendas é uma arte. Envolve algumas boas práticas, cuidado, trabalho e muito teste.

E se você está em dúvida sobre como começar a fazer isso com seu, saiba que está no lugar certo!

Neste texto, compartilhamos com você 7 dicas úteis e comprovadas de como você pode iniciar essa arte de converter visitas em futuros clientes.

Vamos abordar algumas das melhores práticas do mercado e oferecer dicas úteis que você pode aplicar agora mesmo!

Vamos lá?

1 – Conheça sua audiência

Conhecer o público para quem está trabalhando é o primeiro passo para uma estratégia de marketing digital que te faça transformar visitantes comuns em potenciais clientes.

Por isso é importante ter uma persona trabalhada e oferecer conteúdo que consiga resolver problemas reais dela. Fazer entrevistas com clientes e tentar entendê-los como você os ajuda é essencial aqui.

Outro ponto é saber recolher e analisar dados da audiência do seu site. Para isso, você pode utilizar programas como o Google Analytics. Eles vão te ajudar a responder quatro perguntas:

  • Quantas visitas seu site recebe por mês?
  • Quanto tempo essas visitas passam, em média, no seu site?
  • Quais são os principais canais de aquisição de tráfego?
  • E quais são as páginas mais acessadas?

Respondê-las vai oferecer insights importantes. A partir deles, você pode tomar ações efetivas de otimização e melhorar a conversão do seu site.

2 – Trabalhe com landing pages

Landing pages são páginas com objetivo único.

Diferente dos sites institucionais ou dos blogs, elas apresentam uma oferta para o usuário, que pode adquirí-la em troca do contato de email ou telefone.

Elas são utilizadas porque aumentam a taxa de conversão. Ou seja, elas ampliam o percentual de visitantes que se transformam em contatos de venda. Isso por um motivo simples: elas são simples e diretas.

Outra vantagem das landing pages é que você pode ter acesso a outros dados importantes do seu cliente. No formulário para adquirir uma oferta, por exemplo, você pode pedir informações sobre qual empresa a pessoa trabalha ou qual o cargo dela.

Com essas informações em mãos, você terá mais (e melhores) elementos para planejar ações de marketing da sua empresa.

3 – Tenha uma oferta tentadora

Não adianta entender os seus clientes, trabalhar com landing pages específicas para campanhas, se você não tem uma oferta realmente tentadora para o seu visitante.

Mas, o que é uma oferta tentadora?

Ela pode ser um desconto imperdível dado por tempo limitado em um produto ou serviço e também ser algum tipo de informação realmente útil para a sua persona.

Por exemplo, um negócio que vende design de interiores pode criar um e-book com dicas úteis de decoração para um determinado ambiente. Com essa oferta em uma landing page, ele adquire contatos de pessoas que vão se transformar em futuros clientes.

Integrado bem ao desejo da persona, uma oferta tentadora age como uma isca com o poder de transformar as visitas ao seu site em clientes satisfeitos.

4 – Preste uma atenção especial ao design da página

A concorrência pela atenção na internet é alta. Hoje em dia, é comum as pessoas navegarem enquanto ouvem música, veem um vídeo, conversam no WhatsApp ou até mesmo estão presas a algum trabalho.

Em função disso, a atenção passou a ser um ativo valioso para quem vende online. E uma das melhores formas de conseguí-la é trabalhando um design matador para a sua página.

E vale frisar: é obrigatório que ele se adapte a todo e qualquer tipo de tela, afinal mais de 60% do acesso à internet no Brasil é feita por smartphone. Ou seja, se o seu site não funciona bem na telinha do celular, você está em apuros!

Uma dica útil aqui é entender um pouco sobre psicologia das cores. Saber bem o efeito que cada cor tem e como combiná-las pode ser o tempero que faltava à sua landing page.

De resto faça testes AB para entender quais os elementos funcionam melhor e, se o orçamento deixar, contrate um bom designer para ajudá-lo!

5 – Um bom texto é fundamental

Um texto pode até não falar mais do que mil palavras, mas que eles têm um incrível potencial de persuasão, isso eles têm sim.

Afinal, você conhece uma grande empresa que mantenha uma landing page sem uma boa redação?

Provavelmente não e isso porque um bom copywriting converte e converte bem!

A dica prática aqui é se concentrar em escrever um bom título, algo que chame a atenção do seu potencial leitor. Em seguida, aposte em um subtítulo curto, mas explicativo e, ao final, seções que respondem perguntas comuns da sua persona.

Por último, mas não menos importante, tenha especial cuidado com o texto do CTA. O CTA é um termo em inglês que significa “call-to-action” ou “chamada para ação”. É ele que vai dizer o que o usuário vai fazer na sua landing page.

A dica para escrever uma boa chamada é utilizar palavras de ação. Ou seja, em vez de “Download” usar “Garanta aqui o seu ebook”, por exemplo.

Com uma boa copy, a sua página será imbatível.

6 – Conheça o poder de um bom vídeo

Um dado da agência Wordstream aponta que vídeos podem aumentar em até 86% a conversão de uma landing page!

Viu só o poder deles?

Mas é preciso ter atenção ao conteúdo e ao formato deles. Um bom vídeo precisa explicar a sua oferta de forma simples, direta e clara e, se possível, apresentar uma demonstração do seu produto.

Outro ponto importante é ter cuidado com o material produzido.

Garantir que o áudio esteja em boas condições, além de capturar boas imagens e ter um cuidado com a edição são pontos críticos para garantir um bom vídeo de conversão.

7 – Teste variações do seu site

Na internet, teste é tudo!

Não há uma regra geral que funcione muito bem para todo mundo. O que há são boas práticas que podem guiá-lo para chegar ao ideal.

Por isso, é importante testar elementos da sua landing page e verificar se eles aumentam ou reduzem a capacidade de transformar visitantes em potenciais clientes.

O teste AB pode servir para você responder perguntas como:

  • Qual é a qualidade do texto?
  • As imagens e o design estão bem alinhados?
  • A oferta está realmente tentadora?
  • O vídeo aumentou a taxa de conversão da página?

As respostas dessas perguntas vão te ajudar a melhorar a sua página pouco a pouco e fazer com que você aproveite o máximo do seu site.

Para fazer um bom teste AB, primeiro tenha um processo estruturado.

Comece trocando apenas um elemento, enquanto todos os outros permanecem constantes. Depois de escolher qual trocar, é preciso estabelecer o tempo que cada versão vai ficar no ar.

Por último, o trabalho é de medir qual delas performou melhor! É trabalhoso, mas garantimos que vai te dar ótimos resultados.

***

É isso!

Transformar visitantes em clientes pode parecer um tanto complicado à primeira vista. Mas seguindo essas dicas, você vai conseguir obter bons resultados.

E se você quer receber mais dicas valiosas como esta, assine a nossa newsletter! Toda a semana enviamos para você uma seleção especial de textos.

Mobister

Marketing para tecnologia.