o que é CRO

O que é CRO?

Leads, leads e leads. Talvez você esteja constantemente pensando em como conquistar mais tráfego para o seu site e aumentar seu número de leads. Mas entre melhorar o tráfego do seu site e aumentar o número de leads existe um longo caminho. 

Mas calma, que por mais que esse caminho seja longo, ele não é tão difícil e o fim pode trazer resultados excelentes. Para isso, precisamos desbravar essa jornada usando CRO

CRO é a sigla de Conversion Rate Optimization, o que pode ser traduzido do inglês como Otimização de Conversão. Em poucas palavras, CRO é um conjunto de técnicas utilizadas para facilitar a conversão dentro de um site, ou landing page

Por meio do CRO, é possível deixar o seu site mais atraente e facilitar a vida do usuário, aumentando assim as chances de conversão. 

Neste conteúdo, além de saber a fundo o que CRO, você também vai encontrar dicas para melhorar a sua taxa de conversão, sugestões de ferramentas de CRO e erros que você precisa evitar.  

Então, já abre o bloco de notas, para anotar importantes insights e sugestões que você vai encontrar para melhorar a taxa de conversão do seu site.

 

O QUE SÃO LANDING PAGES E COMO IMPLEMENTAR NO SEU SITE?

 

Antes de tudo, o que é conversão?

 

Se pensarmos na palavra conversão de um modo geral e levarmos em consideração o significado dela no dicionário, veremos que ela está associada à mudança, ou transformação. 

Então, trazendo ela para um contexto digital, veremos que esse significado continua fazendo sentido. Conversão no Marketing Digital é quando um usuário cumpre uma determinada ação mensurável, que você espera dele.

Um ótimo exemplo é quando um usuário que está navegando em seu site preenche um formulário para receber sua newsletter, ou quando ele preenche um formulário para saber mais sobre o seu produto. Essas duas ações podemos chamar de conversão. 

E por que dissemos que o significado do dicionário continua fazendo sentido no digital? Porque quando o usuário completa uma ação, ele muda de posição e se transforma dentro do seu funil de vendas

 

O que é taxa de conversão?

 

Aqui pode parecer simples e realmente é! A taxa de conversão nada mais é do que a forma de medir a conversão do seu site, ou da página em questão. Ou seja, ela é a métrica que mostra o percentual de visitantes que chegam a um site e realizam uma determinada ação. 

Sendo assim, quanto mais alto ele for a taxa de conversão, melhores são os resultados da empresa.

Aqui no blog já demos um exemplo sobre taxa de conversão no artigo Como a otimização de conversão faz sua empresa crescer, mas vamos relembrar ele aqui. 

Vamos imaginar um site de um empreendimento de alto padrão, que está em fase final, mas ainda existem muitos apartamentos disponíveis. Foi criada uma landing page para que os visitantes façam um cadastro e o comercial entre em contato. 

A campanha foi um sucesso e em um mês o site recebeu 10 mil visitantes e 5 mil cadastros. 

Pronto! A conversão será o número de pessoas que preencheu o cadastro e a taxa de conversão será 5/10= 0,5 (50%).

Com esse conceito em mente, fica mais fácil conversarmos sobre CRO. Então, vamos lá!

 

Como a otimização de conversão faz sua empresa crescer

O que é CRO?

 

Você já sabe o que significa CRO, também já sabe que é uma baseada na melhoria constante dos elementos e aspectos de um site, ou página. Sempre com objetivo de aumentar o número de conversões. 

Como diziam os nossos professores na escola, vamos dar um exemplo para fixar o aprendizado! Em uma estratégia de Marketing Digital, é comum utilizarmos páginas focadas em uma determinada ação. Elas podem fazer parte de um site, e-commerce, ou serem uma landing page. 

Independente disso, o principal será a ação definida que o usuário deve cumprir ao acessar o seu site ou página. Ou seja, se você usa o seu site como um canal de prospecção, no qual os leads podem a partir de um formulário, requisitar um orçamento ou até mesmo contratar um serviço, você precisa otimizar tudo para que ele cumpra a ação de preencher o formulário em questão. 

Por isso, é fundamental saber do total de visitantes, quantos realmente estão atingindo este propósito e se tornando seus clientes. Ainda vamos falar de forma mais detalhada sobre técnicas de CRO, mas de modo geral isso é feito principalmente por meio de testes que visam entender o que funciona melhor para convencer os visitantes de uma página a tomar a ação desejada para eles.

Existem diversos elementos a serem testados e muitas maneiras de fazer isso, mas o objetivo é sempre o mesmo: convencer mais pessoas a realizarem a ação que você precisa!

 

Por que otimizar a conversão?

 

Até aqui você já deve ter percebido algumas vantagens de investir em CRO e até mesmo tirado insight para melhorar a sua conversão. Então, vamos fazer uma troca! Neste tópico vamos listar algumas vantagens de otimizar a conversão e, caso você identifique outras que falamos, nos envie um feedback. Pode ser em nosso LinkedIn ou no Instagram 😉 

 

O CRO aumenta seu faturamento

 

Assim como dizem que “Time is money“, podemos dizer que “ CRO is money“. Afinal, mesmo que a ação definida não esteja diretamente relacionada a vendas, ela interfere no resultado final. E a gente sabe, que no final do dia, o que importa são as vendas!

Sendo assim, investir em CRO pode impactar diretamente no faturamento da sua empresa! 

 

Na prática como seria?

 

Use sua criatividade e imagine o seguinte: você possui um clube de assinatura que todos os meses envia uma caixa com livros infantis, que o plano mais barato custa R$29,90 por mês. Atualmente seu site, que é o canal principal de vendas, tem uma taxa de conversão de 5% e uma média mensal de mil visitas.

Ou seja, a cada 1000 visitantes que acessam seu site, 50 se tornam clientes, gerando uma receita mensal de R$1.495,00.

Diante desse cenário e depois de ler esse artigo incrível, você e seu time colocam em prática técnicas de CRO. Realizam um teste A/B (vamos falar melhor sobre isso) e percebem que uma das imagens de fundo pode estar atrapalhando a leitura do box de informações. Essa imagem é alterada e sua taxa de conversão aumenta para 8%. 

 

06

 

A cada 1000 visitantes, em vez de 50, você terá 80 novos clientes. Isso significa R$2.392,00 de renda mensal, ou seja, R$897,00 a mais.

Sem precisar mudar nada no produto você aumenta seu faturamento, só por otimizar o canal que já era usado. 

 

Aumentar o ticket médio

 

Neste artigo estamos colocando em prática nossa memória e relembrando vários conceitos e, algumas, frases de efeito. Vamos continuar assim! 

Já ouviu falar que vender para quem já está comprando um produto é muito mais fácil do que vender para quem ainda não é seu cliente? Provavelmente sim! 

Por isso é tão importante investir em quem já é seu cliente, especialmente aquele que é fiel à sua marca, os famosos embaixadores da marca. Existem técnicas focadas nesse sentido, que trabalham em auxílio à estratégia de CRO.

Um bom exemplo é o cross selling, que se resume em propostas para fazer o cliente consumir mais do seu produto ou serviço. O famigerado: gastar mais!

Mas como fazer isso? Fazendo  alguns testes e melhorias em páginas de checkout, é possível apresentar recomendações de produtos úteis aos clientes. A Amazon, por exemplo, faz isso muito bem. 

Quando você está na página de algum produto, aparece aquela lista de itens relacionados lá embaixo.

 

amazon

 

Erros que você precisa evitar!

 

CRO sozinho não faz milagre

 

Não adianta investir em otimização e achar que todos os seus problemas estão resolvidos!

O CRO, por exemplo, não resolve certos problemas estruturais da sua marca, como um produto ruim, comunicação falha ou má reputação no mercado.

Não pense que apenas realizando testes A/B, sua estratégia será um sucesso. Estude e conheça o motivo das conversões estarem baixas, identifique se é mesmo algum elemento do seu site ou fatores mais profundos, e veja se a questão pode ser resolvida com o CRO ou não.

 

Não saber esperar

 

Paciência é uma virtude (outra frase de efeito). Fazer um teste por pouco tempo é como queimar a largada em uma corrida importante: você precisará voltar do início e começar tudo de novo.

Não tenha pressa para fazer uma mudança, ou tomar uma decisão. Analise cuidadosamente todas as variáveis, isso porque qualquer passo em falso poderia resultar em alterações erradas, perda de tempo e  de dinheiro.

Quando tudo é feito com calma, é possível perceber se as diferenças encontradas foram realmente consistentes com o tempo ou apenas causadas por um evento externo que alterou os resultados.

 

Fazer o que todo mundo tá fazendo

 

Você não é todo mundo! O que funciona no site dos outros, nem sempre funciona no seu. Mesmo que o outro seja um concorrente. 

Então, ainda que seja interessante fazer um benchmarking e aprender com os testes dos concorrentes e de marcas similares, tome cuidado para não imitá-los. Invista tempo em descobrir o que o seu consumidor precisa! 

 

Teste até dar certo e depois teste de novo!

 

Finalmente chegamos nos testes A/B!

Eles são a forma mais confiável de se provar uma hipótese. Então, para ter certeza que a mudança sugerida para um determinado canal se justifica, é indispensável que sejam realizados os testes A/B.

Os testes A/B são um método no qual diferentes versões de um elemento são comparadas. Geralmente são chamadas de versão A e versão B. Essas versões são apresentadas a grupos específicos de pessoas, para identificar qual tem o melhor desempenho. 

Depois dessa etapa, a versão que teve o desempenho melhor é adotada para todos os grupos. 

Para ter a certeza que os dados levantados a partir do teste A/B são de fato proveitosos é importante que a variável da versão A para a a B seja única, alterando um elemento por teste.

Isso porque, se em um único teste, você mudar muitas variáveis de uma só vez, não terá certeza sobre qual o motivo de uma versão performar melhor que a outra. 

Outro cuidado importante é a sazonalidade. Realizar teste em um curto período de tempo não resulta em dados eficientes. 

Seus testes A/B precisam durar pelo menos uma semana inteira, já que o público-alvo que acessa o seu site na segunda-feira pode não ser o mesmo que acessa no domingo.

Fique atento aos feriados, datas comemorativas, ou eventos que possam influenciar na quantidade e no tipo de tráfego do seu site.

Então, testar da forma correta é vida! Se for necessário realizar vários testes, para ter a certeza que irá identificar o que precisa ser alterado.

 

Ferramentas de CRO

 

Alegria, alegria, você chegou no último tópico deste artigo!

A Rock Content, estruturou uma forma muito interessante de visualizarmos as ferramentas que podem ajudar no CRO. Eles  separam as ferramentas em três grupos principais que resumem o processo de CRO: métricas, pesquisas e testes.

Vamos colocar aqui a lista feita pela Rock. Depois vale a pena fazer o curso deles sobre Otimização das Taxas de Conversão.

 

Métricas

 

Google Analytics: a ferramenta de análise de métricas mais conhecida e usada no mundo, tem até um recurso próprio para testes A/B, chamado “experimentos”;

Mixpanel: o Mixpanel oferece um conjunto de soluções para acompanhar o engajamento dos usuários, realizar testes A/B e como são conduzidos pelo funil de vendas;

Kissmetrics: o software da Kissmetrics é um dos mais completos em apontar porque os usuários estão sendo convertidos (ou não) e como resolver os problemas;

 

Pesquisas

 

Qualaroo: crie pesquisas segmentadas para os usuários do seu site, a fim de entender o que eles querem e projetar o seu processo de conversão de acordo com isso;

SurveyMonkey: uma das ferramentas mais conhecidas do mundo para a criação de questionários com usuários, o SurveyMonkey possui vários recursos;

 

Testes

 

CrazyEgg: usando mapas de calor, o software desenvolvido por Neil Patel é bem direto em apontar como os usuários se comportam nas suas páginas;

Optimizely: poucos softwares podem se comparar ao Optimizely quando se trata de criar testes e personalizar a experiência de navegação para aumentar conversões;

Unbounce: se o seu foco é realizar testes A/B em landing pages, o Unbounce é a ferramenta certa, pois esse é o foco principal do software.

 

***

Criamos esse conteúdo com objetivo de te ajudar o máximo possível. Para encerrar, vale dizer que a otimização de conversão com CRO requer paciência e planejamento, mas os esforços valem muito a pena, considerando os resultados incríveis que eles podem trazer para o seu negócio.

Aqui no blog você pode conferir outros conteúdos interessantes para aumentar seus resultados! 

Se você identificou que seu site precisa de muitas mudanças, talvez seja necessário fazer um novo. Nós somos especialistas na criação e desenvolvimento de sites de alta performance. Acesse nossa página de projetos e confira! 

Mobister

Marketing para tecnologia.