O que são landins pages e como implementar no seu site?

O que são landing pages e como implementar no seu site?

A internet é uma mídia poderosa para atrair novos clientes para negócios, independente do ramo de atuação.  

Tanto por isso que as estratégias de marketing digital se multiplicam e cada vez mais empresas passam a adotá-las como parte essencial do seu plano de crescimento.

Por outro lado, elas não são necessariamente fáceis de serem aplicadas. Há boas práticas que precisam ser observadas e muito trabalho a ser feito. 

Neste texto, vamos explicar o conceito de uma das principais táticas usadas hoje em dia: as landing pages.

Elas são as queridinhas das pessoas que querem transformar visitantes em clientes. Afinal, foram pensadas para aumentar a taxa de conversão e transformar sites em verdadeiras máquinas de vendas.

Mas se você ainda está inseguro sobre o que elas são e como você pode aplicar em sua empresa, continue a leitura que vamos explicar em detalhes todos esses conceitos. 

O que são landing pages?


Landing pages, ou páginas de aterrissagem, são sites com um objetivo só: converter o visitante em um contato de venda.  

Em geral, para isso, elas contam com uma oferta específica que pode ser desde material rico (e-book, whitepaper, webinar) a um produto ou serviço gratuito. 

Uma landing page é caracterizada por um título, uma imagem (ou vídeo) e um formulário para o visitante preencher. Nele, pode-se pedir dados como:

  • Nome;
  • Email;
  • Empresa que trabalha;
  • Tempo na empresa;
  • Grau de interesse no produto.
  • Etc…

É fundamental que ele conte com campos importantes, que forneçam informações capazes de segmentar os leads recebidos e dar uma eficácia a estratégia de venda que se segue depois dela. 

Em uma landing page, há poucos links para outras páginas (ou sites) porque, afinal, o objetivo é centrado na conversão em si. 

A principal vantagem de utilizar uma landing page é o fato de que ela potencializa a taxa de conversão de um site. Por serem mais diretas na oferta, elas tendem a ser mais eficazes na hora de captar contatos importantes para uma empresa. 

Ao desenvolvê-las, é importante ter em mente que o quão sedutora é a oferta oferecida, além da qualidade do design e do texto, que são críticos na hora de melhorar a taxa de conversão e garantir uma campanha com um retorno sobre investimento (ROI) positivo. 

Dados sobre landing pages

Se você ainda não se convenceu da necessidade de usar landing pages na sua estratégia de marketing digital, dá uma olhadinha nesses dados levantados pelas startups Resultados Digitais e Wordstream

  • Landing pages reduzem em até 80% o custo dos seus anúncios; 
  • Aumentar o número de landing pages (uma para cada produto) aumenta em até 55% o número de leads; 
  • 8 em cada 10 pessoas lêem só o título de uma landing page; 
  • A conversão de uma landing page pode aumentar em até 86% por meio do uso de vídeos; 
  • Um atraso de 1 segundo na abertura de uma landing page pode reduzir a taxa de conversão em até 7%.

Como implementar no seu site?


Para você começar a implementação de landing pages no seu site, a primeira coisa que você precisa ter mapeado é a sua persona. A persona é o seu cliente ideal, a pessoa que você quer atrair para o seu funil de vendas. 

Depois de definida a persona, é preciso prestar atenção aos campos que você vai colocar para o visitante preencher. É importante estabelecer quais são as informações realmente necessárias para você.

Dois erros são bem comuns nessa hora: 

  • Os que pedem informações excessivas, o que pode acabar desencorajando o visitante a preenchê-lo; 
  • Os que pedem poucas informações, o que prejudica na geração de dados segmentados e dificulta na venda; 

O ideal é um equilíbrio entre os dois, sempre tendo em mente quais dados são realmente úteis para você. Estima-se que o número ideal de campos para o usuário preencher é 4.

Depois de estabelecido os dois pontos, é necessário pensar na oferta. 

Ela precisa ser algo que chame a atenção do visitante ao ponto de ele fazer a conversão. Aqui, em geral duas abordagens se mostram mais efetivas: oferecer uma degustação gratuita ou entregar um conteúdo de qualidade. 

Depois, é necessário se preocupar com o fluxo de email que o usuário vai receber logo depois de converter. Ele vai ser a oportunidade que a sua empresa tem de estreitar os laços com seu cliente e iniciar um relacionamento com ele até o final do seu funil de vendas. 

Por último, mas não menos importante, é ideal pensar no design da página. Ele precisa ser adaptável a dispositivos móveis ao mesmo tempo que seja bonito e chamativo. O texto precisa ser direto e é essencial que a página conte com uma chamada para ação. 

Além disso, há duas questões técnicas importantes que precisam ser tratadas. 

  • A velocidade de abertura da página; 
  • A otimização para mecanismo de busca (SEO). 

Quanto mais lenta for a abertura, menor vai ser a conversão. Ou seja, é preciso se preocupar com o servidor e com o tamanho das imagens, por exemplo.

Já em relação a otimização de mecanismos de busca, é essencial pensar no básico como o uso correto das tags H2 e H3, a palavra chave, o protocolo SSL da página, o meta título e a meta descrição.

Em resumo, para fazer uma landing page você precisa: 

  • Ter uma persona estabelecida;
  • Trabalhar uma boa oferta;
  • Trabalhar um fluxo de email marketing básico;
  • Criar uma página com design bonito e responsivo;
  • Preocupar-se com a velocidade que o site carrega; 
  • Aplicar boas práticas de SEO. 

Contar com uma empresa que entende sobre o assunto e com know-how da área vai ajudar você a acelerar esse processo e a fazê-lo mais efetivo. 

Afinal, há uma série de detalhes que precisam andar bem para que o trabalho garanta um bom retorno sobre investimento para o seu negócio. 

***

É isso!

Com essas dicas, você já pode começar a pensar na criação da sua landing page.

Se você quer começar a testar essa tática desde já, entre em contato conosco. Teremos o prazer em ajudar você a conquistar mais (e melhores) clientes por meio dessa estratégia de marketing digital.

Mobister

Marketing para tecnologia.